17 Dezembro 2017 Dom

2 visitantes e 0 Usuários online

  Indique Download Forums Links Polita de Privacidade
PC-SOS :: Discos Rígidos :: Nunca mais formate o HD
PC-SOS
Notícias
Anúncios
Estatística
FAQ
Usuários
Usuários Online
Conteúdo
1-Política de Privacidade
Artigos
Celular
Flash
Linux
Discos Rígidos
Hardware
Internet
Modem
MSOffice
MSOffice - Excel
Multimedia
Photoshop
Programação
Rede
Segurança
Sistema Operacional
Software
Software p/ PenDrive
Termos & Siglas
WEB
Windows
Xoops
Área de Usuário

Usuário:
Senha:
Lembrar!
Esqueci minha senha
Registrar

Pesquisa Avançada

Patrocinadores

 


Teste de Velocidade

Desenvolvido por

 

 

 

2.01.2009
Como configurar o Windows para aceitar 8GB de RAM
3.12.2008
Quando Pen Drive USB Não Aparece No Windows
15.02.2008
BBS, sistema que foi o antecessor da internet
26.11.2007
Firefox 3.0
5.10.2007
Hitachi trabalha em Blu-Ray de 100GB e 200GB
24.09.2007
Novo supercomputador entra em operação no Brasil
24.09.2007
IBM oferece software gratuito de edição de texto
19.09.2007
Processador com 80 NÚCLEOS
19.09.2007
IBM terá suíte de escritório gratuita
17.09.2007
Clone do Office online, e grátis

Nunca mais formate o HD
4.04.2005

Mostraremos um método de instalação do disco rígido que traz várias vantagens. Uma delas é que, em caso de catástrofes, não será necessário formatar o disco rígido e reinstalar o sistema operacional. Ao invés disso, faremos a restauração de uma imagem do sistema operacional já instalado, usando o Norton Ghost – software batante útil encontrado no pacote Norton SystemWorks.

É preciso implantar o método na ocasião da instalação do Windows e da formatação do disco rígido. No caso do Windows 98/ME, fazemos a partição e a formatação através dos programas FDISK e FORMAT. No caso do Windows XP, essas operações são feitas pelo próprio programa de insalação do sistema operacional. Divida o seu disco rígido em pelo menos duas partes, sendo uma para o sistema operacional e a outra para dados, e se desejar, também programas.

Por exemplo: em um HD de 40 gb, podemos fazer C= 5 gb para o Windows XP e usar o espaço restante para dados e programas. Se quisermos instalar um grande número de programas no próprio drive C, usamos um tamanho maior. O Windows 98 ocupa um espaço menor. Poderíamos reservar para ele os mesmos 5 gb e ainda sobraria muito espaço para programas. Enfim, a decisão sobre o tamanho de cada unidade lógica de disco dependerá do que pretendemos armazenar.

Depois e instalar o Windows, use o programa Norton Ghost para fazer uma imagem do drive C, que conterá o Windows recém instalado. O Ghost opera a partir de um disquete de boot, em modo MS-DOS. Portanto, é preciso que o drive D, no qual será gravada a imagem compactada do drive C (Windows recém instalado), deverá estar formatado com FAT32. No caso do Windows 98/ME, os discos usam automaticamente FAT32.

No caso do Windows XP, podemos usar tanto NTFS como FAT32. Recomendamos que ao instalar o Windows XP você escolha NTFS para o drive C, e FAT32 para o drive D. Quando executar o boot com o disquete do Ghost, ocorrerá uma troca de letras se o drive C usar Windows XP com NTFS. Nesse caso, a segunda partição assumirá a letra C. No caso do Windows 98, os drives ocuparão as mesmas letras C e D. O comando do Ghost para copiar todo o disco de sistema (partição primária) para um arquivo de imagem é: Local / Partição / Para imagem.

Selecione, então, a partição primária como origem e para destino, escolha gravação na segunda partição (no caso do Windows 98, esta será o drive D; no caso do Windows XP, usando a partição primária com NTFS, esta será um drive C).

O programa perguntará se desejamos compactar o arquivo de imagem, o que é recomendável. Escolhemos a compactação Alta. Uma imagem compactada do Windows 98 recém instalado ocupa cerca de 100 mb, e do Windows XP na mesma situação, cerca de 500 mb. Podemos chamar tal imagem de WIN00.GHO. Se, um dia, for preciso formatar o disco rígido e reinstalar o Windows, não percisamos fazê-lo. Basta usar o Ghost, fazendo o boot, através do seu disquete, e regravar o sistema a partir do arquivo de imagem.

O comando a ser usado é: Locao / Partição / Da imagem. Selecionamos a imagem WIN00.GHO e usamos como destino, a partição primária. A restauração demorará de 5 a 10 minutos e seu efeito será equivalente ao de formatar o drive C. Obviamente, todos os dados do drive C serão apagados, mas como o disco rígido está dividido em dois, podemos copiar os arquivos importantes para o drive D antes de realizar a restauração.

Você pode criar outras imagens do Windows, à medida em que vai configurando e instalando novos softwares. Por exemplo: pode partir do Windows recém instalado e instalar todos os drivers de hardware, fazer o Windows Update e instalar o Office, então, fazer uma imagem com o nome WIN01.GHO. Em caso de catástrofes que tornem necessário formatar o drive C, é melhor restaurar um disco já com todos os drivers, programas e atualizações que fazer tudo a partir do zero.

O Ghost não deve ser encarado como um programa de backup. Se o objetivo for simplesmente faze backup de arquivos importantes, podemos gravá-los em CD ou utilizar programas de backup como aquele que é fornecido com o Windows. O Ghost faz um tipo de operação de backup/restauração que esses programas não fazem: a cópia completa do disco de sistema bem como sua restauração.

Esta restauração, a partir de uma imagem, pode ser feita com o Ghost até mesmo quando o sistema operacional é apagado do drive C, caso em que o Windows nem mesmo pode ser carregado. O Ghost não precisa do sistema operacional funcionando para fazer seu trabalho de restauração.

PC-SOS
Hits: 6123
Discos Rígidos >>
 Ruim  Bom 
Comentário de Usuário: Nosso usuário podem revisar conteúdos

 

 

 

     

Número de visitas deste fev/2005 - Número de consultas ao site:

  © Copyright 2005 PC SOS. All Rights Reserved. contato@robweb.com.br