12 Dezembro 2017 Ter

2 visitantes e 0 Usuários online

  Indique Download Forums Links Polita de Privacidade
PC-SOS :: Hardware :: Windows XP no pendrive
PC-SOS
Notícias
Anúncios
Estatística
FAQ
Usuários
Usuários Online
Conteúdo
1-Política de Privacidade
Artigos
Celular
Flash
Linux
Discos Rígidos
Hardware
Internet
Modem
MSOffice
MSOffice - Excel
Multimedia
Photoshop
Programação
Rede
Segurança
Sistema Operacional
Software
Software p/ PenDrive
Termos & Siglas
WEB
Windows
Xoops
Área de Usuário

Usuário:
Senha:
Lembrar!
Esqueci minha senha
Registrar

Pesquisa Avançada

Patrocinadores

 


Teste de Velocidade

Desenvolvido por

 

 

 

2.01.2009
Como configurar o Windows para aceitar 8GB de RAM
3.12.2008
Quando Pen Drive USB Não Aparece No Windows
15.02.2008
BBS, sistema que foi o antecessor da internet
26.11.2007
Firefox 3.0
5.10.2007
Hitachi trabalha em Blu-Ray de 100GB e 200GB
24.09.2007
Novo supercomputador entra em operação no Brasil
24.09.2007
IBM oferece software gratuito de edição de texto
19.09.2007
Processador com 80 NÚCLEOS
19.09.2007
IBM terá suíte de escritório gratuita
17.09.2007
Clone do Office online, e grátis

Windows XP no pendrive
11.07.2007

Uma das (poucas) certezas que existem no mundo da informática tem muito a ver com a nossa própria vida: um dia, seu HD vai morrer. Como todos nós. Para evitar prejuízos nesse momento digitalmente funesto, é sempre bom manter seus dados a salvo fazendo backups periódicos de seus arquivos. Mas mesmo usuários precavidos e conscientes desse tipo de problema, um dia seu disco rígido pode “resolver” simplesmente não iniciar o Windows, o que pode ser causado por diversos motivos, o que inclui o fim da vida útil do dispositivo ou a ação de algum vírus, por exemplo.

Se você tem um computador relativamente recente (com pelo menos 1 ano e meio de vida), provavelmente ele permite que o sistema seja iniciado por um dispositivo USB, o que inclui os populares “chaveiros” de memória flash. Caso tenha um exemplar de pelo menos 256 MB desses aparelhinhos e seu computador conte com portas USB no padrão 2.0, você poderá instalar uma versão básica do Windows XP na memória flash, configurar seu PC para utilizá-la como unidade de “boot”, acessar todo o conteúdo de seu HD por meio dela e assim salvar seus arquivos.

Antes de iniciar este passo-a-passo, já adiantamos que esse processo não é dos mais fáceis e muito menos estável. Além de ser preciso utilzar o “temido” Prompt de Comando, janela que dá acesso direto ao DOS e que requer que os comandos sejam feitos por escrito, não há qualquer garantia que ele vá funcionar sempre que for utilizado. Por isso, recomendamos que o usuário tenha muita paciência, boa vontade e espírito de aventura antes de embarcar nessa.

Passo 1
Como já foi dito, primeiro certifique-se que a BIOS de seu PC tenha o recurso de iniciar o sistema operacional a partir de um dispositivo USB. Para tanto, reinicie a máquina e espere surgir a tela do desenvolvedor do BIOS, que é o conjunto de instruções básicas que o PC carrega antes de iniciar o sistema operacional propriamente dito. Quando a tela surgir, observe qual a tecla deve ser acionada para que o acesso ao setup da BIOS seja ativado. Geralmente é o botão DEL ou F2. No nosso caso, a BIOS do computador uitilizado nessa matéria é da Phoenix e oferece duas maneiras de acessar o setup (Fig. 1). Enquanto a tecla F2 abre a janela completa de configuração da BIOS, a F12 dá acesso apenas ao painel de opção do HD de inicialização – algo que facilitou a nossa vida.

Caso a memória flash esteja conectada na porta USB, aparecerá dentre as opções o nome do fabricante do pendrive (Fig. 2). Mas se a sua BIOS não conta com tecla dedicada a essa função, basta entrar na configuração BIOS normalmente e escolher a opção “Boot”. Nessa tela aparece a seqüência de unidades de armazenamento que são ativadas na inicialização. Geralmente fica lá no alto, em primeiro lugar, o disco rígido da máquina, a famosa unidade C:, ou o drive óptico (gravador/leitor de CDs ou DVDs). Para mudar essa seqüência, basta selecionar a unidade de memória flash e pressionar a tecla indicada na tela que faz com que essa unidade suba na escala de seqüência de boot. No nosso caso, ela era a F6 (FIG 3.). Como não iremos fazer essa alteração nesse momento, vá até a opção “Exit” (saída) e escolha a opção “Discard changes and exit” (descarte as alterações e saia) para que o computador seja reiniciado com o XP normalmente.

Passo 2
Para instalar a versão reduzida do XP no pendrive, primeiro é preciso formatar o chaveiro flash. Aqui vai a primeira dica: NÃO utilize a ferramenta de formatação do Windows e sim a oferecida pelo software gratuito HP USB Disk Storage Format Tool (o porque que esta funciona e não a do Windows, não sabemos...). Nesse momento, tome cuidado, pois é preciso escolher o sistema de arquivos FAT como opção. NÃO escolha o FAT 32, pois assim o processo não vai funcionar.

Depois é preciso baixar um programa: o BartPE Builder, um programa gratuito (freeware) todo em português que faz boa parte do trabalho sujo (pena que não todo...), ou seja, copia os arquivos básicos do XP a partir de um disco de instalação do sistema operacional e cria um arquivo de imagem do tipo ISO no HD. Depois de baixado e instalado, abra o programa (Fig. 4) e certifique-se que a opção “Nenhuma” esteja marcada em “Saída de mídia”. Coloque o disco de instalação do XP no drive óptico e clique no botão “Gerar”. Uma tela vai se abrir nesse momento mostrando todo o processo de cópia de arquivos, o que deve levar, no máximo, cinco minutos.

Passo 3
Abra o Prompt de Comando, o que pode ser feito clicando em Iniciar > Executar, depois digitando “CMD” no campo em branco, seguido de Enter. Outro caminho: Iniciar > Programas > Acessórios > Prompt de Comando (Fig. 5). Agora é preciso muita atenção, pois é preciso digitar algumas linhas de comando para fazer a transferência dos arquivos criados pelo BartPE para o pendrive. Quando a janela negra se abrir, será preciso acessar o diretório onde o BartPE foi instalado. Para tanto, digite “cd..” (isso mesmo, cd seguido de dois pontos) até que fique na tela apenas o prompt do disco rígido, que é o C:. Ao lado do prompt, digite “cd pebuilder3110a”, depois “cd plugin”, depois “cd peinst”. Agora digite o comando “peinst”.

Logo após esse comando, vai surgir uma lista de opções. Primeiro digite “1” para determinar o local de onde os arquivos básicos do XP serão extraídos. Nesse momento você terá de digitar “C:pebuilder313BartPE”, com prompt e tudo, e depois dar Enter. A lista surgirá novamente, só que atualizada. Agora digite “2” para determinar para onde os arquivos serão transferidos. Agora é mais fácil: basta digitar a letra do drive removível (que geralmente é E: ou F:, dependendo do número de unidades de armazenamento que a máquina tem). No nosso caso, digitamos “E:”, depois Enter. Agora digite “5” e, na próxima listinha, digite “1” para executar a transferência dos arquivos para o pendrive, o que ocorreu em mais ou menos 15 minutos.

Passo 4
No final desse processo, você pode fechar a janela de prompt normalmente. Se a BIOS de seu computador não conta com opção para escolha da unidade de boot sem a necessidade de abrir a BIOS, você pode reiniciar o XP e pressionar a tecla equivalente no momento apropriado. Mas se esse não for o caso, reinicie o sistema e aperte o botão para acessar a configuração da BIOS, faça a alteração na opção “Boot”, vá até “Exit”, escolha a opção “Save changes and exit” (salve as alterações e saia) e espere a máquina reiniciar novamente. Quando a tela de abertura da BIOS se abrir, pressione a tecla apropriada (a nossa era F12). Nesse momento, ela irá abrir a tela com a lista das unidades de armazenamento que estão instaladas na máquina (Fig. 2). Depois de selecionar o drive USB, o PC vai acessar o pendrive antes do HD e abrir a tela inicial do BartPE. Esse processo pode demorar um pouco, mas se exceder os 5 minutos, restarte a máquina e tente novamente.

Com a área de trabalho do BartPE (FIG. 6) aberta, você pode clicar no botão “Go”, que fica no canto inferior esquerdo, selecionar o item "System" e acessar o aplicativo "A43 File Manager" (FIG. 7). Por meio dele, dá para entrar no HD que não está "bootando" e resgatar todos os arquivos desejados
PC-SOS
Hits: 2253
Hardware >>
 Ruim  Bom 
Comentário de Usuário: Nosso usuário podem revisar conteúdos

 

 

 

     

Número de visitas deste fev/2005 - Número de consultas ao site:

  © Copyright 2005 PC SOS. All Rights Reserved. contato@robweb.com.br